foto3.jpg
TELEFONE

238 953 255


Em caso de EMERGÊNCIA ligue:

112


Em caso de INTOXICAÇÕES ligue:

808 250 143


Em caso de INCÊNDIO FLORESTAL ligue:

117

AJUDE-NOS

Faça o seu donativo!

Conta Quartel:

NIB: 0045 4081 4018 7006 993 78:

IBAN: PT50 0045 4081 4018 7006 9937 8:

Segundo António Conde, a construção do edifício foi iniciada em agosto de 2006, mas as obras conheceram atrasos e várias paragens «por falta de verbas», o que dificultou a sua conclusão. «Mudámos para as novas instalações no [último] fim de semana e [os serviços] já estão a funcionar em pleno», disse hoje o responsável, após reconhecer que o processo de construção «foi um pouco complicado». A conclusão das obras «é o corolário de muitos anos de sacrifício», frisou o dirigente, lembrando que o novo quartel era desejado «desde a fundação» - a 16 de abril de 1982 - da Associação Humanitária de Loriga. «É o início de uma nova etapa para a corporação. Antes, estávamos num edifício onde não havia condições, o espaço era exíguo. Agora estamos com as condições todas que são necessárias para trabalhar a nível administrativo e operacional», declarou. O novo quartel tem «muito espaço e conforto» para os BVL que ocupavam, desde 1995, o espaço do Mercado Municipal de Loriga, cedido pela Câmara Municipal de Seia, após uma passagem por um "barracão" em madeira que foi a sua sede inicial. O equipamento que já está ao serviço dos bombeiros «é uma mais-valia para a terra e também para toda a região», reconheceu o responsável. A obra custou cerca de 1,1 milhões de euros e foi comparticipada em 50 por cento pelo Ministério da Administração Interna. A componente financeira dos BVL foi assegurada com recurso a um empréstimo bancário no valor de 300 mil euros, segundo a direção. Do valor global do investimento falta pagar «à volta de 70 mil euros» à empresa construtora, disse António Conde. O dirigente referiu que os bombeiros também contaram com o apoio da Câmara Municipal de Seia, da Junta de Freguesia de Loriga e da empresa Turistrela (concessionária do turismo na Serra da Estrela), que executou os arranjos exteriores do edifício «quase na totalidade». O novo quartel dos BVL ainda não tem data de inauguração marcada, prevendo a direção que aconteça «ainda este ano». A corporação dos bombeiros voluntários de Loriga, com cerca de meia centena de homens e 20 viaturas, atua na zona da Serra da Estrela, numa área operacional de 140,80 quilómetros quadrados que abrange cinco freguesias do concelho de Seia.

 

LUSA

 

Estação Meteorológica de Loriga

Alista-te...